<head> Brincar e aprender no jardim: Outubro 2006 head>
Template Express by Mais Blog
sexta-feira, outubro 27, 2006
Conversamos sobre o Outono...
O Outono é uma estação do ano. Começa no dia 23 de Setembro e acaba no dia 22 de Dezembro.O tempo começa a arrefecer.
Já não se podem usar as roupas leves do Verão.
Começam a cair as primeiras chuvas e às vezes troveja.
As andorinhas, que não gostam do tempo frio, partem para países mais quentes, como África.
Fazem-se as vindimas, apanham-se as maças, as nozes, as peras, os figos, as romãs, as avelãs, os marmelos e as castanhas. É o tempo em que se fazem os magustos.A natureza começa a modificar-se: As folhas das árvores ficam castanhas, amarelas e vermelhas e caem deixando as árvores despidas.
Cantamos com gestos esta canção:
Varre, varre vassourinha
Varre, varre pelo chão
A Vera que é limpinha
Varre tudo até mais não.

Quando o vento sopra forte
Caem as folhas no chão
E a Vera com a vassoura
Varre tudo até mais não.

Sopra o vento tão zangado
Mas que grande ventania!
Mas a Vera que é limpinha
Varre, varre todo o dia.
(cd: avô cantigas)

> enviado por Paula as 13:50 0 comentarios

......................................................................................

quinta-feira, outubro 26, 2006
Poesia de Outono
Tantas folhas, tantas!
De tanto tamanho,
de tanto feitio.
Umas são amarelas,
outras encarnadas
ou em tom castanho.
Há umas que têm recortes,
Há outras que não.
Com cola e pincel
Colo-as num papel
Façam como eu e vocês
verão
como fica catita a vossa colecção!

> enviado por Paula as 23:45 2 comentarios

......................................................................................

Folhas de Outono

> enviado por Paula as 23:44 0 comentarios

......................................................................................

segunda-feira, outubro 23, 2006
Uma adivinha
É uma profissão relacionada com o tema da alimentação, que estamos a trabalhar esta semana. Vamos tentar adivinhar?

Aqui vai...


Nos doces e nos assados,
nas sopas e empadões,
põe requintes esmerados
para prazer dos comilões.

Senhor da colher de pau,
do fogão e da panela,
é mestre no colorau,
na pimenta ou na canela.

Para qualquer cozinhado
tem de ter à mão o sal
e além deste cuidado
não dispensa o avental.


Já adivinharam?


(é o ... ?)






































Dissemos esta adivinha aos meninos da nossa sala. Pensaram... pensaram... e quem conseguiu adivinhar foi o Bruno e o Diogo!
Depois, vimos que, também no nosso infantário temos duas cozinheiras e são elas que preparam a nossa comida todos os dias!

> enviado por Paula as 21:41 0 comentarios

......................................................................................

sexta-feira, outubro 20, 2006
O que falamos sobre a roda dos alimentos
Esta semana cada menino(a) fez a sua roda dos alimentos, colando em cada "fatia" papel autocolante de cores variadas e também os respectivos alimentos.



● Vimos que a roda dos alimentos é nossa amiga, pois diz-nos que alimentos devemos escolher para comer.

● Todos os alimentos que se encontram na roda "amiga" são saudáveis.

● Há alguns alimentos que comemos diariamente que não estão na roda “amiga”: As pastilhas, o chocolate, as gomas, os chupas, os bolos, as batatas fritas (entre outros) têm muito açúcar e gordura e por isso não podemos comê-los muitas vezes.

● A roda dos alimentos tem 7 “fatias” de alimentos. São:

- o grupo dos legumes (das couves, cenouras, tomate, alface, ...)
- o grupo das frutas (uvas, maçã, pêra, ...)
- o grupo do azeite e da manteiga
- o grupo do peixe, carne e ovos
- o grupo das massas, batatas, cereais e pão
- o grupo dos feijões, grão e lentilhas
- o grupo do leite, iogurte e queijo


● Devemos comer estes alimentos todos os dias.


> enviado por Paula as 13:45 0 comentarios

......................................................................................

sexta-feira, outubro 13, 2006
Conversas no jardim ...O que os meninos comem de manhã?
Como vimos na história, o Capuchinho levava um cestinho com bolo, mel e um queijo à avó.

Mas, o que agora queremos saber é o que os meninos costumam comer de manhã...

Aqui estão algumas respostas:


Mariana C.: Eu costumo comer pastel de nata!

Diogo: Eu costumo comer pão e leite!

Paula: O pão e o leite fazem bem.

Bárbara: Eu bebo sumo e leite.

Mariana C.: Faz mal! (como o pão)

Paula: O pão não faz mal, faz muito bem. E os bolos e os doces fazem bem?

Todos: Não!

Bárbara: O bolo da minha mãe estava preto.

Paula: Estava preto? Se calhar era de chocolate. Ou então estava queimado. Sabem que quando se põe um bolo no forno e nos esquecemos dele lá, pode ficar queimado.

Mariana C.: Eu já comi bolo da minha mãe que eu adoro!!

(...)

> enviado por Paula as 23:44 4 comentarios

......................................................................................

Capuchinho Vermelho

> enviado por Paula as 23:36 2 comentarios

......................................................................................

A História do Capuchinho Vermelho
A História que vão ouvir é a de uma menina linda e inteligente, vivia numa aldeia e era querida de toda a gente.

Mas quem mais gostava dela era a sua avozinha, que vivia na casa, no bosque, tricotava o dia todo e vivia sozinha. Numa das suas visitas a avó deu-lhe um presente: era um capuchinho de lã, vermelho e reluzente. Obrigada avozinha! Vou usá-lo para sempre! Para me poder lembrar sempre do seu presente.

Passaram a chamar-lhe capuchinho vermelho. A esta menina bonita que todas as semanas fazia à sua avó uma visita.

Um dia, a mãe disse ao capuchinho que a avó estava doente. Pediu que a visitasse e lhe levasse um presente. Porém, deixou um aviso: Quando fores no bosque não fales com ninguém, não aceites nada de estranhos, lembra-te do que disse a mãe! Assim farei mãe. Vou fazer-me já à estrada para chegar de dia e não me acontecer nada

Canção: Pela estrada fora eu vou bem sozinha, levar estes doces para a avozinha. Ela mora longe, o caminho é deserto e o lobo mau passeia aqui por perto.

Ao passar pelo bosque viu um esquilo acrobata, viu coelhos a brincar, viu a borboleta Fortunada. Por detrás de uma árvore surgiu um lobo esfomeado que ao ver o capuchinho vermelho viu o seu problema solucionado.
Onde vais capuchinho? O que fazes aqui sozinha? Vou levar esta cesta com bolo, queijo e mel à minha avozinha? E onde mora a avó? Vais demorar a chegar! Mora do outro lado do bosque. Não me posso demorar. Chegarás bem mais depressa se fores por este atalho. E encontrarás flores lindas, sem teres muito trabalho. Boa ideia senhor lobo vou fazer um belo ramo para dar à minha avó, a pessoa que mais amo.

Canção:

Enquanto o capuchinho seguiu pelo o caminho errado, o lobo mau apressou-se para não chegar atrasado. Correu para a casa da avó e chegou mesmo primeiro.
O lobo bateu à porta sempre com o seu ar matreiro. Quem é? Sou o capuchinho vermelho avó. Vim fazer-lhe uma visita para não se sentir só. Trago-lhe um cesto com um lanche para nós. Disse o lobo mau disfarçando a sua voz.

Podes abrir, a porta está encostada. Sabes que não posso andar, pois já estou acamada. Então o lobo entrou e saltou de imediato. Comeu a avozinha e vestiu o seu fato. Pos o gorro de dormir , deitou-se e tapou-se bem. Esperou pelo capuchinho, não pensou em mais ninguém.

O Capuchinho vermelho chegou nesse instante, bateu à porta da avó, mas não entrou de rompante. Quem é? Perguntou o lobo, imitando a avozinha. Sou o capuchinho vermelho e hoje venho sozinha. Trago-te bolo, mel e um queijo e estas flores de presente. Mas o que tem a tua voz? Que está hoje tão diferente? Entra, querida neta. A porta está encostada. O que dizes da minha voz? Olha que não tenho nada. Tenho frio e estou gelada. Tu bem me podias aquecer. Deita-te aqui ao meu lado, para eu não arrefecer. O capuchinho estranhou a figura da avó quando se estava a deitar.

E quando se descalçava, começou a perguntar: Avozinha tens uns braços tão compridos! São para te abraçar melhor. Tens umas orelhas tão grandes! São para te ouvir melhor. Tens uns olhos tão grandes! São para te ver melhor. E esse nariz tão grande? È para te cheirar melhor. Avozinha, tens uma boca tão grande! É para te comer melhor. Ao acabar de dizer isto o lobo mau saltou sobre o capuchinho e devorou-a de uma vez sem deixar um bocadinho.

Alarmado com o barulho que vinha da casa em questão, um lenhador que passava deu conta da situação. Arrombou a porta e viu o lobo deitado. Tinha a barriga tão cheia que não aguentou acordado. – Então Vou abrir a barriga para ver o que está lá. Parece que oiço vozes e espero que não seja coisa má. Mal ele abriu a barriga saíram de lá a correr a avó e o capuchinho ainda um pouco a tremer.

Puseram pedras na barriga enquanto o lobo dormia. Encheram o mais que puderam para ver se ele aprendia.

Quando O lobo acordou sentiu-se enjoado, que prometeu a si mesmo não repetir o passado. Fugiu dali a correr e não comeu mais pessoas. Passou a portar-se bem e a fazer coisas boas. Sãs e salvas festejaram e o lenhador também. Lancharam os três juntos, o bolo, o queijo e o mel da mãe.


Capuchinho aprendeu uma lição a valer: Nunca falar com estranhos e à mãe obedecer!

> enviado por Paula as 23:24 0 comentarios

......................................................................................

16 de Outubro: Dia Mundial da Alimentação



O Dia Mundial da Alimentação está a chegar. É já na próxima Segunda - feira.
Vamos abordar este tema junto das nossas crianças para que começem a consciencializar-se para a importância de uma alimentação variada e saudável. É importante que tenham consciência do que se deve comer em bastante quantidade e o que se deve comer em pouca quantidade (os doces, por exemplo).

A Roda dos Alimentos

A roda dos alimentos é uma imagem (parecida à forma de um prato) que nos ajuda a escolher e a combinar os alimentos que devem fazer parte da nossa alimentação, todos os dias.

É um símbolo em forma de círculo que se divide em "fatias" de diferentes tamanhos.

Cada "fatia" destas tem o nome de GRUPO e cada grupo reúne os alimentos com propriedades nutricionais semelhantes.

Podemos CLASSIFICAR (classificação - noção lógico - matemática) os alimentos nos seguintes grupos:

(Para os mais pequenos vamos classificar da seguinte forma)

- o grupo das frutas

- o grupo dos legumes

- o grupo das massas, pão e cereais

- o grupo das leguminosas (feijões, lentilhas, grão...)

- o grupo do peixe, carne e ovos

- o grupo do leite, iogurte e queijo

- o grupo do azeite e manteiga





> enviado por Paula as 22:56 0 comentarios

......................................................................................

Nome: Paula
Profissão: Educadora de Infância
Sala: Sala dos 3 - 4 anos
E-Mail: PaulaRibeiro3@hotmail.com


Para Visitar:
Câmara Municipal Almada
Pavilhão do Conhecimento
Museus
Wikipédia
Smart Kids
Netinfância
Era uma vez
Sitio dos Miúdos
História do dia

Registos anteriores:
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007


Blogs interessantes:

Estadisticas y contadores web gratis
Oposiciones Masters